Eu sei que você sabe


Filme





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.




Título:
Eu sei que você sabe
Número de Item: Número de Registro:
00823KIN00063FC -
Uso e acesso:
Consulta local com agendamento
Coleção:
00823KIN - Kinoforum
Companhia Produtora:
Câmara Clara Produções Cinematográficas
Autoridades: Classificação:
Lina ChamieProdução executiva
Fernando PerezProdução
Magê F. P. dos SantosProdução
Lina ChamieDireção
Lina ChamieRoteiro
Kátia CoelhoDireção de fotografia
Ana Mara AbreuDireção de arte
Patrícia VeltriFigurino
Luiz AdelmoSom direto
Cristina AmaralMontagem
A. S. Cecilio NetoElenco
Carlos Moreno (Ator)Elenco
Fernando Alves PintoElenco
Fernando SalemElenco
Iara JamraElenco
José Roberto ToreroElenco
Lineu DiasElenco
Louis ChilsonElenco
Lucia RomanoElenco
Ney PiacentiniElenco
Rodrigo SantiagoElenco
Alexandre Fritz BragaElenco
Igor LeonElenco
Rodrigo QueirozElenco
Sérgio BandeiraElenco
Jayme Del CuetoElenco
Nancy G. de AndradeElenco
Ana Paula PerraciniElenco
Fernanda Veiga RodriguesElenco
Cristina AmaralTrilha sonora
José Luiz SassoTrilha sonora
Local de Produção:
São Paulo - São Paulo - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
1995 -
Bitola: Cromia:
16 mm Cor
Produção:
Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Metragem total - Tipo: Duração:
Curta-Metragem 0h 14min 0s

Sinopse/Descrição:

"Desencontros, incomunicabilidade entre as pessoas. O que se fala não se ouve, o que se ouve não se entende. Tudo é ambíguo. O que parece ser, não é. Exceto a poesia." (MinC/CMB)


Prêmios de Melhor Fotografia e Melhor Trilha Sonora no 28º Festival de Brasília (1995).


Gênero:
Ficção