João da Mata - Um documento


Filme





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.




Título:
João da Mata - Um documento
Número de Item: Número de Registro:
00823KIN00058FC -
Uso e acesso:
Acesso restrito
Coleção:
00823KIN - Kinoforum
Companhia Produtora:
Portfolio Comunic. Objetiva
Autoridades: Classificação:
Luiz Carlos BarretoProdução
Marcos A. CraveiroDireção
Luisa PenaDireção
Paulo QueirozDireção de fotografia
Paulo QueirozEdição
Carlos Henrique SilvestreMúsica
Luis Henrique VaqueiroMúsica
Celso PrimiMúsica
Angelo FortiElenco
Tomás de TúlioElenco
Local de Produção:
Campinas - São Paulo - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
1982 -
Bitola: Cromia:
16 mm Cor
Produção:
Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Metragem total - Tipo: Duração:
Curta-Metragem 0h 10min 0s

Sinopse/Descrição:

"As dificuldades enfrentadas para a realização do filme campineiro 'João da Mata'. Depoimentos de Angelo Forti e Tomás de Túlio. Utilização de trechos do filme original." (CB/Ficha Filmográfica)


"O primeiro longa-metragem de ficção realizado no Brasil, 'João da Mata', de Amilar Alves, filmado em Campinas em 1923, através de reprodução de trechos e entrevistas com o ator Ângelo Fortes e o cinegrafista Tomáz de Tullio, que dele participaram" (DFB)


Gênero:
Documentário
Descritores:
filme; campo
Descritores Onomásticos:
Amilar Alves