Matadeira, A


Filme





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.




Título:
Matadeira, A
Número de Item: Número de Registro:
00138PRE00046FC FC00666-16A(1)
Uso e acesso:
Consulta local com agendamento
Coleção:
00138PRE - Prêmio Estímulo
Companhia Produtora:
Casa de Cinema de Porto Alegre
Autoridades: Classificação:
Sandro DreherDireção de produção
Nora GoulartProdução executiva
Jorge FurtadoDireção
Dainara ToffoliAssistência de direção
Rodrigo PesaventoAssistência de direção
Jorge FurtadoRoteiro
Alex SernambiDireção de fotografia
Cid CostaSom direto
Antonio MoreiraSom direto
Giba Assis BrasilMontagem
Leo HenkinMúsica
Fiapo BarthDireção de arte
Cláudio CostaCenografia
Rô CortinhasFigurino
Pedro CardosoElenco
Débora FinochiaroElenco
Antônio FalcãoElenco
Ben BerardiElenco
Carlos PalombiniElenco
David CamargoElenco
Irani ZucatoElenco
Nelson BirindelliElenco
Régius BrandãoElenco
Zé da TerreiraElenco
Carlos Cunha FilhoLocução
Antônio FalcãoLocução
Lisa BeckerLocução
Companhia Distribuidora:
Casa de Cinema de Porto Alegre
Local de Produção:
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
1994 1994
Bitola: Cromia:
16 mm Cor
Produção:
Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Metragem total - Tipo: Duração:
Curta-Metragem 0h 15min 0s

Sinopse/Descrição:

"A matadeira, tremenda máquina feita para a quietude das fortalezas costeiras, era o entupimento dos caminhos, um trambolho a qualquer deslocação de manobras. Era, porém, preciso assustar os sertões com o monstruoso espantalho de aço." (FICMSP/5)


Prêmio Direção de Arte, Melhor Direção de Curta Gaúcho e Melhor Fotografia de Curta Gaúcho no 22º Festival de Gramado,1994..

Prêmio Contribuição à Linguagem Cinematográfica, Melhor Ator e Prêmio Especial do Júri no 10º Rio-Cine Festival, 1994.


Gênero:
Ficção
Descritores:
história; guerra; arma de fogo