Bianco e Nero: mensile di studi cinematografici, anno XXXI, n. 5/6, maggio-giugno, 1970.


Periódico e Hemeroteca





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.




Título:
Bianco e Nero: mensile di studi cinematografici, anno XXXI, n. 5/6, maggio-giugno, 1970.
Tipo de Material:
Revista
Número de Chamada: Número de Registro:
1/4-7/8 (1970) PB00591
Número de Exemplar:
1
Uso e acesso:
Consulta local com agendamento
Editora:
Centro Sperimentale di Cinematografia
Local de Publicação:
Roma - Itália - Europa
Data de Publicação:
05/1970
Idioma:
Italiano
Periodicidade:
Mensal
Página: Número de Páginas:
- 138
Ilustrado:
Sim
Dimensões (alt. x larg.):
23 cm x 17 cm
Notas / Observações:
Vários autores.
Descritores:
cinema italiano; filme histórico; crítica de cinema
Artigos:
Giorgio Tinazzi: Una nuova critica ma per chi
Fernaldo Di Giammatteo: Zabriskie Point: una metafora della libertà impossibile.
Le pagine chiuse di un ragazzo difficile (Nedo Ivaldi)
Gianni Da Campo: Pagine chiuse.
II XXIII prevedibile festival di Cannes - Oberhausen 70 - Venezia underground - Cinema ungherese ad Olbia ovvero l´età delle allusione - Rene Clair, oggi - Premi e rassegne a Spoleto e altrove - Cracovia 70 - Cortometragio ed erotismo in Jugoslavia - Censura e sesso nel terzo mondo - Gustavo Serena, quasi un precursore.
Guido Bezzola: Un secolo da Porta Pia - Una Resistenza utile.
Ricardo Muñoz-Suay: Dall´interno (dalla Spagna) Buñuel e Galdós.
Miklós Jancsó: fare del cinema per cambiare il mondo (intervista a cura di Nedo Ivaldi) .
Film visti a Cannes (Giacomo Gambetti).
Film usciti a Roma dal 1º gennaio al 31 marzo 1970.
I libri