Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



Quantidade de registros: 3145

O lendário e frustrado encontro de Oswald com a musa da dança Isadora Duncan, numa leitura poética e satírica, na qual o provincianismo urbano do passado defronta-se com rasgos do modernismo e com as vocações dos personagens.
Fala sobre suas origens, os estudos e o início da vida profissional como jornalista, sua militância política no Rio de Janeiro para onde se mudou, seu primeiro filme, a influência neo-realista em sua obra, a falta de sucesso de público, os prêmios por "RIO 40 GRAUS', seus documentários, a imp...
Fala sobre suas origens, os estudos e o início da vida profissional como jornalista, sua militância política no Rio de Janeiro para onde se mudou, seu primeiro filme, a influência neo-realista em sua obra, a falta de sucesso de público, os prêmios por "RIO 40 GRAUS', seus documentários, a imp...
Fala sobre sua infância no sul, sua formação e a importância histórica e cultural dessa região; das influências recebidas na adolescência, do cinema, de histórias em quadrinhos, da música popular. Fala sobre sua experiência no colégio jesuíta, sua vinda para São Paulo e a realização ...
Fala sobre sua infância no sul, sua formação e a importância histórica e cultural dessa região; das influências recebidas na adolescência, do cinema, de histórias em quadrinhos, da música popular. Fala sobre sua experiência no colégio jesuíta, sua vinda para São Paulo e a realização ...
Cineasta. Sua infância; Seu relacionamento com Glauber Rocha, Rogério Sganzerla e a fundação da Bel-Air. Suas divergências com o Cinema Novo, o exílio, seu grande interesse pelo Padre Vieira e a realização de "OS SERTÕES", seus primeiros filmes realizados no exterior, a criação da Embrafi...
Cineasta. Sua origem, formação e militância no P.C. O descobrimento do cinema; função social, cineastas que o marcaram. O choque provocado pelo golpe de 64, ideia do cinema militante, filmes realizados, participação política, experiência como professor da ECA, o papel da Embrafilme, diferen...
Futuro cinematográfico de sua carreira; precariedade da Lei de Audiovisual; a Era Collor e a destruição da Memória do Cinema 00007MCNnacional; sua filmografia; os espectadores das salas de cinema e os seus filmes; a infância e a descoberta; Monteiro Lobato; o cinema na época do ginásio no Rio...
Cineasta sueco. Fala de sua infância; a forte presença da natureza e formação religiosa. Estudos em Berlim e participação no grupo anti - nazista. Influências literárias. Início da carreira. Mulheres significativas. Experiências filmográficas em vários países. Importância da música e ...
A infância em Alagoas e a mudança para o Rio; vivência no bairro de Botafogo até os 14 anos; os cinemas; o futebol; o campo do Botafogo. Formação jesuíta do colégio, a universidade. Relação com a literatura brasileira. Participação no Movimento Cine Clube do Colégio Santo Inácio. Proce...