Cem anos Humberto Mauro : Braza Dormida / direção Humberto Mauro.


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
Cem anos Humberto Mauro : Braza Dormida / direção Humberto Mauro.
Número do Item: Número de Registro:
- VB00550
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento
Outros Títulos:
Brasa Dormida
Autoridades: Classificação:
Agenor Cortes de BarrosProdução
Homero Cortes DominguesProdução
Humberto MauroDireção
Humberto MauroRoteiro
Edgar BrasilFotografia
Pascoal CiodaroCenografia
Nita NeyAtriz
Luís SoroaAtor
Máximo SerranoAtor
Pedro FantolAtor
Rozendo FrancoAtor
Cortes RealAtor
Haroldo MauroAtor
Pascoal CiodaroAtor
José Venâncio de GodoyAtor
Local de Produção:
Cataguases - Minas Gerais - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
1928 04/03/1929
Suporte/Formato:
DVD
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Duração
0h 120min 0s

Sinopse/Descrição:

O jovem Luís Soares é mandado para o Rio de Ja- neiro pelo pai industrial, para estudar. Na cidade grande, Luís gasta toda a mesada e abandona os estudos. Consegue em- prego como gerente de uma usina no interior e se apaixona pela filha do proprietário. Enciumado, o ex-gerente escreve cartas anônimas ao dono da usina revelando o namoro de sua filha com Luís. Não querendo o casamento, o pai afasta a filha da usina, mas, durante uma festa, os dois se apaixonam de novo. Enquanto acontece a festa, o ex-gerente joga uma bomba na usina e, quando Luís retorna, entram em luta cor- poral, caindo o ex-gerente num bujão de melado fervente, onde morre. Percebendo a integridade e as boas intenções do rapaz, o proprietário finalmente permite o casamento dos dois.


Gênero:
Drama
Descritores:
cinema brasileiro; longa metragem; usina de açúcar