[Entrevista de Rogério Sganzerla parte 1/2] at.


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
[Entrevista de Rogério Sganzerla parte 1/2] at.
Número do Item: Número de Registro:
00428MEC00004VD 255
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento
Coleção:
00428MEC - Memória do Cinema
Autoridades: Classificação:
Rogério SganzerlaEntrevistado(a)
Sônia Maria de FreitasPesquisa
Agostinho dos SantosTécnico de som
Teco FrancoCâmera
Data de Produção: Data de Lançamento:
17/04/1990 -
Suporte/Formato:
DVD Cópia
Sistema: Cromia:
- Cor
Áudio: Produção:
- Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Duração
0h 122min 57s

Sinopse/Descrição:

Fala sobre sua infância no sul, sua formação e a importância histórica e cultural dessa região; das influências recebidas na adolescência, do cinema, de histórias em quadrinhos, da música popular. Fala sobre sua experiência no colégio jesuíta, sua vinda para São Paulo e a realização de seu primeiro filme "BANDIDO DA LUZ VERMELHA", a repercussão nacional e os prêmios recebidos. Comenta a decretação do A.I. - 5 e o destroçamento da produção cultural existente, do exílio dos artistas. Fala da filosofia do cinema moderno, estigmatizado como cinema marginal, da relação da televisão com o cinema. Seu exílio na Europa e a redescoberta do potencial cultural brasileiro. Fala sobre seus projetos atuais, da identidade que existe entre seus filmes e a função social do cinema.


Gênero:
Entrevista
Descritores:
depoimento; cineasta brasileiro; cinema novo; história; política; ditadura; cultura; exílio; televisão; sociedade; literatura
Descritores Geograficos:
Museu da Imagem e do Som - São Paulo - São Paulo - Brasil
Descritores Onomásticos:
Embrafilme