Estéreo MIS com Drik Barbosa - entrevista


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
Estéreo MIS com Drik Barbosa - entrevista
Número do Item: Número de Registro:
Em classificação -
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento; Divulgação virtual
Companhia Produtora:
Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Autoridades: Classificação:
Drik BarbosaEntrevistado(a)
Rosana CaramaschiEntrevistador(a)
Renata LetíciaProdução
André PacanoEdição
Jennyfer YoshidaEdição
Local de Produção:
São Paulo - São Paulo - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
13/09/2019 27/03/2020
Suporte/Formato:
HDD (Hard Disc)
Sistema: Cromia:
NTSC (National Television Standards Committee) Cor
Áudio: Produção:
Estéreo Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Duração
0h 38min 15s

Sinopse/Descrição:

Nesta entrevista Drik Barbosa aborda questões relacionadas à presença feminina na cena musical brasileira, enfatizando a necessidade de ampliação contínua da atuação das mulheres neste espaço.


Conta como se deu a parceira com Emicida na interpretação da música “Aos olhos de uma criança” (2013), para a trilha sonora da animação “O Menino e o mundo” (2014), de Alê Abreu. E também sobre sua participação no projeto “Rimas e melodias”, que reúne cantoras e rappers negras.


Explica como surgiu a ideia da produção do EP “Espelho” (2018), e reflete sobre o que falta para as pessoas entenderem o rap como um gênero musical tão importante quanto os demais.


Gênero:
Entrevista
Descritores:
consciência negra; cultura negra; feminismo; hip-hop; racismo; rap
Descritores Geograficos:
São Paulo - São Paulo - Brasil
Descritores Onomásticos:
Beyoncé; Emicida; Fióti; Lauryn Hill