Nem Sansão nem Dalila, Quanto mais Manga melhor / direção de Carlos Manga, Michele Lavalle.


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
Nem Sansão nem Dalila, Quanto mais Manga melhor / direção de Carlos Manga, Michele Lavalle.
Número do Item: Número de Registro:
- VB00381
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento
Autoridades: Classificação:
Carlos MangaDireção
Michele LavalleDireção
Companhia Distribuidora:
Programadora Brasil
Suporte/Formato:
DVD
Sistema: Cromia:
- Cor e PB
Áudio: Produção:
- Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal

Sinopse/Descrição:

Carlos Manga tem uma extensa e prolíca carreira com diretor de cinema e de televisão, mas foi com um conjunto de filmes realizados nos anos 1950 que o diretor fincou definitivamente seu nome na história do cinema brasileiro. Com filmes como Nem Sansão ne Dalila, Matar ou correr, De vento em popa e O homem do sputnik, Manga deu à comédia musical brasileira, a chanchada, alguns de seus momentos mais marcantes e provocadores, com paródias que zombavam de gêneros e filmes norte-americanos. Estrelado por Oscarito, Nem Sansão nem Dalila faz rir ao memso tempo do relato bíblico, do cinema hollywoodiano e do imaginário político brasileiro de sua época. O curta-metragem Qanto mais Manga melhor completa o programa, com depoimentos de Carlos Maga e dos atores que trabalharam com ele.


Gênero:
Comédia; Documentário
Descritores:
cinema brasileiro; longa metragem; curta metragem
Descritores Onomásticos:
Carlos Manga