Notas Contemporâneas:Arrigo Barnabé - Estúdio -2ª Parte


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
Notas Contemporâneas:Arrigo Barnabé - Estúdio -2ª Parte
Número do Item: Número de Registro:
00821NTP00120VD -
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento
Coleção:
00821NTP - Notas Contemporâneas
Companhia Produtora:
Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Autoridades: Classificação:
Arrigo BarnabéEntrevistado(a)
Rosana CaramaschiEntrevistador(a)
Cleber PapaDireção
Diego ValverdeCaptação de som
Bruno Café SforcimCinegrafista
Cleber PapaCuradoria
Diego ValverdeEquipe técnica
Bruno Café SforcimEquipe técnica
Jeferson MagalhãesDigitalização
Local de Produção:
Museu da Imagem e do Som - São Paulo - São Paulo - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
13/03/2013 -
Suporte/Formato:
DVD Cópia
Sistema: Cromia:
NTSC (National Television Standards Committee) Cor
Áudio: Produção:
Estéreo Nacional
Duração
1h 1min 11s

Sinopse/Descrição:

Conta que sempre teve interesse e contato com o teatro e cita a peça de Bob Wilson no Teatro Municipal; viu espetáculos de dança de Juliana Carneiro e Mara Borba; fala das suas performances em seus shows; em 1974, viu o show performático de Alice Cooper; diz que sua primeira trilha sonora foi para o diretor de cinema Francisco Ramalho Júnior, na Boca do Lixo; conta que à procura de trabalho, aparecia quase sempre no escritório do Galante, até que conseguiu pegar a trilha do filme "A Ilha das Cangaceiras Virgens"; ganhou muitos prêmios com trilhas sonoras; comenta a sua relação com os diretores de cinema; fala do filme "Anita e Garibaldi" do diretor italiano Alberto Rondalli; compôs trilhas para teatro, com o Grupo Armazém e Cissa Carvalho Pinto; atuou na peça "O Máximo" de Hamilton Vaz Pereira; foi premiado na peça "Santa Joana" de José Possi Neto; comenta seu gosto sobre música erudita do século XX e popular, onde trabalha com os dois gêneros; fala de suas duas Missas "In Memoriam de Arthur Bispo do Rosário, e, Itamar Assumpção"; diz que nos últimos 13 anos trabalhou muito com música erudita e voltou em 2009 para a música popular; cita seus compositores preferidos como Bartók, Stravinsky, Schönberg, Messiaen, Varèse, entre outros; gosta bastante de rock e cita Janis Joplin, Joe Cocker, Alice Cooper, Frank Zappa e Beatles; da MPB gosta dos anos 30 e 40 com J. Cascata, Ary Barroso, Bororó, Noel Rosa e Sinhô; lembra do episódio em que foi até o apartamento de Paulinho da Viola para levar o disco "Clara Crocodilo"; teve aulas com Egberto Gismonti; fala de sua primeira ópera "O Homem dos Crocodilos"; escreveu uma peça para percussão para um quinteto português no Teatro Nacional São João, na cidade do Porto; diz que conheceu pouco de ópera italiana e cita duas, "Macbeth" de Giuseppe Verdi e "Mefistófeles" de Arrigo Boito; conhece, adora e entende as óperas "Wozzeck", "Lulu" de Alban Berg e o "Barba Azul" de Bartók; diz que para aprender música deve ouvir Bach; gosta de música medieval, renascentista e cita o compositor Victoria e a peça "Grande Fuga" de Beethoven; comenta o seu programa na Cultura FM, o Supertônica; fala de dodecafonismo; conta a sua fase de ator e do longa metragem de Maurício Capovilla, inspirado na obra de Lupicínio Rodrigues; comenta a sua parceria com Luiz Tatit; conta do seu novo trabalho como intérprete de Hermelino Neder; comenta o futuro artístico do Brasil, diz que teve uma grande melhora nas áreas de intérpretes, instrumentistas e cantores, mas não na composição, e acrescenta que a sociedade está vivendo uma decadência do gosto; fala da revolução industrial e cita o designer William Morris e a escola de arte Bauhaus; fala do capitalismo e socialismo; diz que ultimamente está ouvindo muito "A Paixão Segundo São Mateus" de Bach, Ligeti, Villa Lobos, Chris Montez, Gal, Caetano cantando Jorge Bem e Roberto Carlos cantando Orlando Silva.


Gênero:
Entrevista
Descritores:
teatro brasileiro; peça de teatro; espetáculo; dança; performance; show; trilha sonora; diretor de cinema; filme; premiação; cinema; música erudita; século XX; música popular; missa; compositor (música); rock and roll; década de 1930; década de 1940; ópera; semana de arte moderna de 1922; percussão; música medieval; musica renascentista; programa de rádio; rádio; escritor; poeta; dodecafonismo; intérprete; instrumento musical; cantor; sociedade brasileira; revolução industrial; escola de arte; capitalismo; socialismo; comunismo; quarteto; autor; orquestra; clarinete; violoncelo; piano; contrabaixo; regente
Descritores Geograficos:
Rua do Triumpho - São Paulo - São Paulo - Brasil; Curitiba - Paraná - Brasil; Buenos Aires - Argentina - América do Sul; Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil; Porto - Portugal - Europa
Descritores Onomásticos:
Bob Wilson; Teatro Municipal de São Paulo; Juliana Carneiro da Cunha; Mara Borba; Alice Cooper; Francisco Ramalho Júnior; José Antonio Garcia; Antônio Pólo Galante; Helena Ramos; Carlos Imperial; Aldine Muller; Alain Fresnot; Alberto Rondalli; Mara Mourão; José Possi Neto; Ester Góes; Armazém Cia de Teatro; Cissa Carvalho Pinto; Hamilton Vaz Pereira; Patrícia Pillar; Lenah de Brito; Mário Manga; Lupicínio Rodrigues; Béla Bartók; Arnold Franz Walter Schönberg; Edgar Varèse; Charles Ives; Minoru Miki; Yoritsune Matsudaira; Bruno Maderna; Luciano Berio; Pierre Schaeffer; Janis Joplin; Joe Cocker; Alice Cooper; Frank Zappa; J. Cascata; Leonel Azevedo; Pedro Caetano; Claudionor Cruz; Ary Barroso; Bororó; Noel Rosa; Sinhô; Roberto Carlos; Chico Buarque; Caetano Veloso; Gilberto Gil; Os Mutantes; Beatles; Tom Jobim; Paulinho da Viola; Milton Nascimento; Egberto Gismonti; Centro Cultural Banco do Brasil; Tim Rescala; Guto Lacaz; SESC Ipiranga; Martha Herr; Santos Dumont; Bruno Bayen; Luiz Gê; Teatro Nacional São João (Portugal); Tiago Pinheiro; Montanha; Raiff Dantas Barreto; Paulo Braga; Luiz Amato; Ana Valéria Poles; Giuseppe Verdi; Arrigo Boito; Johann Sebastian Bach; Tomás Luis de Victoria; Cultura FM; Robert Schumann; Frédéric Chopin; Robert Schumann; Frédéric Chopin; Igor Stravinsky; Anton Webern; Igor Stravinsky; Maciej Malecki; Anton Bruckner; Maurice Ravel; Pierre Boulez; Maurice Ravel; Clodoaldo Medina; Karlheinz Stockhausen; Universidade Livre de Música; Milton Hatoum; Ana Miranda; Alain Fresnot; Agnaldo Farias; Maurice Capovilla; Luiz Tatit; Hermelino Neder; William Morris; Bauhaus; Orlando Silva; György Ligeti; Heitor Villa-Lobos; Gal Costa; Jorge Ben Jor; Chris Montez