Notas Contemporâneas:Lobão - Auditório - 2ªParte


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
Notas Contemporâneas:Lobão - Auditório - 2ªParte
Número do Item: Número de Registro:
00821NTP00198VD -
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento; Divulgação virtual
Coleção:
00821NTP - Notas Contemporâneas
Companhia Produtora:
Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Autoridades: Classificação:
LobãoEntrevistado(a)
Cadão VolpatoEntrevistador(a)
Cleber PapaDireção
Maria das Graças SantosIntérprete
Renato LeiteMúsico
Jeferson dos SantosMúsico
Yan MontenegroMúsico
Cleber PapaCuradoria
Rosana CaramaschiPesquisa
Vânia AlmeidaProdução
Diego ValverdeCaptação de som
Bruno Café SforcimCinegrafista
Diego ValverdeEquipe técnica
Bruno Café SforcimEquipe técnica
Jeferson MagalhãesDigitalização
Local de Produção:
Museu da Imagem e do Som - São Paulo - São Paulo - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
15/08/2013 -
Suporte/Formato:
DVD Cópia
Sistema: Cromia:
NTSC (National Television Standards Committee) Cor
Áudio: Produção:
Estéreo Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Duração
0h 43min 46s

Sinopse/Descrição:

Enquanto Lobão vai ao banheiro, os músicos interpretam "Por Tudo Que For";

Logo após, o compositor conta história da música, onde estava com problemas emocionais e que Bernardo Vilhena foi uma figura paterna e o ajudou muito nas suas composições; diz que em 1998 fez o "Noite", seu primeiro álbum autoral e que a partir deste, nunca mais teve parceria; para escrever suas canções, leu muito Shakespeare, Homero, Newton e Baudelaire;

Os músicos interpretam "A Queda";

Conta que fez a música à luz da madrugada, no carnaval de 1995;

Os músicos interpretam "Noite E Dia";

Diz que se cobra muito para fazer outro álbum, coisa que não acontece desde 2005;

Lobão toca "Esquisotérica" com uma réplica de seu primeiro violão seresta;

Revela que essa música foi uma conjunção do momento em que passou com Evandro Mesquita, Ricardo Barreto e Marina Lima;

Com pedido de "bis" da platéia, Lobão toca "Mal Nenhum", sua primeira música com a parceria de Cazuza e finaliza com "Essa Noite Não" e "Chorando no Campo".


Gênero:
Entrevista; Apresentação Musical
Descritores:
músico; história; música; composição (música); autor; letra de música; livro; escritor; filósofo; violão; roubo
Descritores Onomásticos:
William Shakespeare; Homero; Isaac Newton; Charles Baudelaire; Evandro Mesquita; Marina Lima; Ricardo Barreto; Cazuza