Notas Contemporâneas:Odair José - Auditório


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
Notas Contemporâneas:Odair José - Auditório
Número do Item: Número de Registro:
00821NTP00290VD -
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento; Divulgação virtual
Coleção:
00821NTP - Notas Contemporâneas
Companhia Produtora:
Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Autoridades: Classificação:
Odair JoséEntrevistado(a)
Cadão VolpatoEntrevistador(a)
Cleber PapaDireção
Vânia AlmeidaProdução
Rosana CaramaschiPesquisa
Yan MontenegroArranjo
Márcio Sampaio GuimarãesViolonista
Cibelle HespanholVoz
Paulo Sérgio Dias da SilveiraVoz
Cleber PapaCuradoria
Renan DanielProdução
Letícia GodoyFotografia
Bruno Café SforcimCâmera
Diego ValverdeCaptação de som
Jeferson MagalhãesEdição de áudio
Jeferson MagalhãesEdição
Bruno Café SforcimEquipe técnica
Diego ValverdeEquipe técnica
Local de Produção:
Museu da Imagem e do Som - São Paulo - São Paulo - Brasil
Data de Produção: Data de Lançamento:
14/05/2014 24/10/2016
Suporte/Formato:
AVCHD (Advance Video Codec High Definition)
Sistema: Cromia:
NTSC (National Television Standards Committee) Cor
Áudio: Produção:
Estéreo Nacional
Idioma: Classificação:
PortuguêsOriginal
Duração
1h 15min 33s

Sinopse/Descrição:

O goiano Odair José de Araújo nasceu na cidade de Morrinhos em 1948, já o cantor e compositor Odair José, nasceu em 1970 com o sucesso “Minhas Coisas”; aos sete anos de idade, ganhou um cavaquinho de seu pai, onde tem guardado até hoje; aos quinze anos, vivia na televisão pedindo oportunidade e conhecendo artistas de São Paulo e Rio;

A Banda MIS interpreta “Eu Vou Tirar Você Desse Lugar”;

Relata que a canção foi composta quando foi morar no Rio de Janeiro, onde tocou em várias boates, na qual observava vários casos de frequentadores que se apaixonavam pelas prostitutas; como um grande vendedor de discos, fala da sua mudança de gravadora e cita o grupo de folk rock Crosby, Stills & Nash;

A Banda MIS interpreta “Cadê Você?”;

Música do quarto álbum, onde todas as faixas tocaram nas rádios e fizeram sucesso, segundo o compositor; conta a história da música “Uma Vida Só (Pare De Tomar A Pílula)” de 1973, letra polêmica e proibida pelo governo, pois falava sobre anticoncepcional, um assunto que era tabu na época;

A Banda MIS interpreta “Uma Vida Só (Pare De Tomar A Pílula)”;

Comenta a passagem do influente jornalista Nelson Motta em seu período de gravação na Polygram e cita diversos profissionais do mercado fonográfico brasileiro, como André Midani, Roberto Menescal, Jairo Pires, entre outros;

A Banda MIS interpreta “Noite De Desejos”;

Música composta em 1974 e, também proibida pela censura, onde num determinado momento, conheceu o General Golbery no Palácio do Planalto; exalta Caetano Veloso, com quem cantou junto em 1973 e debaixo de muitas vaias, num festival de música em São Paulo;

A Banda MIS interpreta “Eu, Você E A Praça”;

Fala desse mais um sucesso censurado pelo seu atrevimento sexual; comenta o período em que passou por diversas gravadoras e cita o polêmico álbum “O Filho De José E Maria” de 1977, onde foi ameaçado de ser excomungado pela igreja católica;

A Banda MIS interpreta “Uma Lágrima”;

Composta em 1969, Odair revela que foi sua primeira gravação e mais tarde regravada pela banda Pato Fu; fala da atrevida música “Esta Noite Você Vai Ter que Ser Minha” e critica a gravadora CBS;

A Banda MIS interpreta “Esta Noite Você Vai Ter que Ser Minha”;

Enuncia a homenagem que recebeu em forma de tributo, organizado pelo produtor Sandro Belo e com a participação do seu amigo Zeca Baleiro; divulga o seu novo material - “Dia 16” - um álbum de músicas inéditas e com muitas guitarras; explica que a música “Que Saudade De Você” começou a fazer sucesso porque era do outro lado do compacto, pois o lado principal tinha a “música da pílula” que estava proibida de ser tocada;

A Banda MIS encerra a homenagem á Odair José interpretando “Que Saudade De Você”.


Gênero:
Entrevista; Apresentação Musical
Descritores:
compositor (música); cantor; cavaquinho; violão; guitarra; televisão; boate; prostituta; mulher; garota de programa; gravadora; musical; sucesso; MPB; rádio; anticoncepcional; ditadura militar; censura; disco; sexo; brega; igreja católica; excomungado; polêmica; tributo; ópera rock
Descritores Geograficos:
Morrinhos - Goiás - Brasil; Brasil - América do Sul; Cotia - São Paulo - Brasil; Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil; São Paulo - São Paulo - Brasil; Goiânia - Goiás - Brasil; Praça Mauá - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro; Praça do Lido - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro; Barreira do Vasco - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro; Copacabana - Rio de Janeiro - Brasil; Bairro Imperial de São Cristóvão - Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil; Brasília - Distrito Federal - Brasil; Niterói - Rio de Janeiro - Brasil; Inglaterra - Reino Unido - Europa; Avenida Nove de Julho - São Paulo - São Paulo - Brasil; Palácio do Planalto - Brasília - Distrito Federal; Anhembi Parque - São Paulo - São Paulo; Arapiraca - Alagoas - Brasil; Goiás - Brasil
Descritores Onomásticos:
CBS; Sony Music ; Beatles; Rolling Stones; Elvis Presley; Raul Seixas; Evandro Ribeiro; Roberto Carlos; Nara Leão; Chico Buarque; Elis Regina; Gilberto Gil; Ivan Lins; Philips - AV/Estúdios; Polydor Records; Gravadora PolyGram; Gravadora Continental Music; José Roberto Bertrami; Os Aranhas (banda); Ivan Conti "Mamão"; Crosby, Stills & Nash ; Neil Young; Paul McCartney; Cat Stevens; Tom Jobim; Dom Salvador; Leandro & Leonardo; Leandro (cantor); Festival Internacional da Canção Popular; Phono 73 (festival de música); Rádio Globo; Rádio Tupi; Paulo Giovanni (publicitário); Neil Diamond; João Figueiredo; João Marcello Bôscoli; Ronaldo Bôscoli; Nelson Motta; André Midani; Roberto Menescal; Jairo Pires; Heleno de Oliveira (produtor musical); Assad de Almeida (divulgador); Paulo Genaro (divulgador); Paulo Coelho; Artur da Távola; Tim Maia; Caetano Veloso; Secos e Molhados; Ney Matogrosso; João Ricardo (músico); Richie Havens; Aderbal Guimarães; Golbery do Couto e Silva; Guilherme Araújo; EMI Music; Paulo Sérgio; Rossini Pinto; Café Palheta; The Fevers; Fernanda Takai; John Ulhoa; Pato Fu (banda); Sandro Belo (produtor musical); Zeca Baleiro; Keith Richards; AC/DC; Alexandre Fontanetti; Rede Globo