O cinema Ozu: Era uma vez em Tóquio; Conversando com Ozu; Também fomos felizes; Era uma vez um pai; Crepúsculo em Tóquio; Filho único / direção de Yasujiro Ozu.


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
O cinema Ozu: Era uma vez em Tóquio; Conversando com Ozu; Também fomos felizes; Era uma vez um pai; Crepúsculo em Tóquio; Filho único / direção de Yasujiro Ozu.
Número do Item: Número de Registro:
- VB01126 "CP"
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento
Autoridades: Classificação:
Yasujiro OzuDireção
Wim WendersEntrevistado(a)
Aki KaurismäkiEntrevistado(a)
Stanley KwanEntrevistado(a)
Claire DenisEntrevistado(a)
Lindsay AndersonEntrevistado(a)
Paul Schrader Entrevistado(a)
Hou Hsiao-hsienEntrevistado(a)
Local de Produção:
Japão - Ásia
Suporte/Formato:
DVD
Sistema: Cromia:
- PB
Áudio: Produção:
- Estrangeiro
Idioma: Classificação:
JaponêsOriginal
PortuguêsLegenda
Duração
0h 572min 0s

Sinopse/Descrição:

O cinema de Ozu, reúne 5 clássicos do "mais japonês dos cineastas japoneses", o mestre Yasujiro Ozu (1903-1963), incluindo Era uma Vez em Tóquio, um dos maiores filmes de todos tempos, e Conversando com Ozu, documentário em que Wim Wenders, Aki Kaurismaki e outros diretores falam do legado do extraordinário cineasta do cotidiano.


DISCO 1

Era uma vez em Tóquio (Tokyo Monogatari, 1953)

Um casal de idosos viaja de Onomichi a Tóquio, para visitar os filhos casados, após uma ausência de 20 anos. Drama sublime que representa o ápice da estética de Ozu.

Conversando com Ozu (Talking with Ozu, 1993)

Um tributo ao mestre com depoimentos dos cineastas Wim Wenders, Aki Kaurismaki, Stanley Kwan, Claire Denis, Lindsay Anderson, Paul Schrader e Hou Hsiao-hsien.


DISCO 2

Também fomos felizes (Bakushu, 1951)

A família Mamiya procura um marido para a filha mais nova, que trabalha como secretária em Tóquio. No entanto, a moça não quer aceitar um casamento arranjado.

Era uma vez um pai (Chihi Ariki, 1942)

Um professor viúvo matricula o filho em um colégio interno, partindo para ganhar a vida em Tóquio. O amor entre pai e filho precisará resistir a esta separação.

DISCO 3

Crepúsculo em Tóquio (Tokyo Boshoku, 1957)

No auge do inverno, Takako volta à casa do pai, fugindo do marido agressivo. Por sua vez, sua irmã Akiko vive uma gravidez indesejada e procura, em vão, pelo namorado.

Filho Único (Hitori Musuko, 1936)

Uma mãe solteira sofre para conseguir criar e educar seu único filho. Com muito esforço, consegue que o rapaz vá estudar em Tóquio. Primeiro filme sonoro de Ozu.


Acervo Christian Petermann


Gênero:
Drama; Documentário
Descritores:
cinema asiático; coletânea
Descritores Onomásticos:
Yasujiro Ozu