Poeta de sete faces; Satori uso


Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



--Título:
Poeta de sete faces; Satori uso
Número do Item: Número de Registro:
- VB00353
Uso e acesso:
Consulta local sem agendamento
Autoridades: Classificação:
Paulo ThiagoDireção
Rodrigo GrotaDireção
Companhia Distribuidora:
Programadora Brasil
Suporte/Formato:
DVD
Sistema: Cromia:
- Cor e PB
Áudio: Produção:
Dolby Digital Nacional
Idioma: Classificação:
Português

Sinopse/Descrição:

Quem é de fato o poeta? De maneiras bem diferentes, esses dois filmes tentam responder a uma pergunta que o cinema frequentemente se coloca, desde Jean Cocteau. Em o Poeta de sete faces, feito para comemorar o centenário de Carlos Drummond de Andrade, Paulo Thiago lança mão de linguagens bastante diversas-que incluem o documentário, a ficção e o recital- para retratar um Drummond multifacetado. Já no curta Satori uso, Rodrigo Grota inventa um poeta, um cineasta e um filme-dentro-do-filme para revelar fragmentos da vida de um homem que escrevia para desaparecer. Cada qual à sua maneira, um e outro respondem ao desafio de fazer a poesia chegar à tela cinematográfica.


Gênero:
Documentário Experimental
Descritores:
cinema brasileiro; poeta
Descritores Onomásticos:
Carlos Drummond de Andrade