Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



Quantidade de registros: 2944

O cinema de horror brasileiro em dois tempos do Ivampirismo.Em O universo de Mojica Martins, Cardoso homenageia seu ódolo José Mojica Martins explorando sua obra e "seu satanismo bufo-baudelariano". Revela não apenas a singularidade de sua estética, mas também a criação de uma mitologia bra...
Quem é de fato o poeta? De maneiras bem diferentes, esses dois filmes tentam responder a uma pergunta que o cinema frequentemente se coloca, desde Jean Cocteau. Em o Poeta de sete faces, feito para comemorar o centenário de Carlos Drummond de Andrade, Paulo Thiago lança mão de linguagens bastant...
Da herança de imagens do cinema brasileiro vêm essas duas jóias que abrem uma janela para o passado filmado de Salvador(BA),e tambem do Brasil. No curta-metragem Um dia na rampa (1957), de Luiz Paulinho dos Santos, uma série de instantâneos do porto de serviços de Salvador, nos anos 1950, nos ...
A presença/ ausência da figura materna está no coração desses dois filmes. No longa metragem 33, Kiko Goifman cria um dispositivo estimulante: ao completar 33 anos, ele se propõe investigar a identidade de sua mãe biologica durante 33 dias, registados em filme e monitorados pela internet. No ...
Não faz parte das tradições do cinema brasileiro aventurar-se pelo chamado"cinema de gênero", um cinema marcadamente desenvolvido pela e para a grande indústria hollywoodiana. Com Os Xeretas, Michael Ruman propõe uma adaptação para as nossas terras do cinema de aventuras infanto-juvenil, sol...
O Rap Pequeno Príncipe contra as Almas Sebosas representou, em 2000, uma bela conciliação entre o documentarismo tradicional brasileiro e novas formas de apreensão do real nascidas do music video e do documentário performático. Em comum entre o matador sem culpas e o baterista com consiência ...
Quase dois irmãos representa a maturidade da diretora Lucia Murat, que vem desenvolvendo coerente e corajosa trajetória basta recordar seus filmes anteriores: Brava gente brasileira (2000), Doces poderes(1996), Que bom te ver viva(1989. Militante de gerrilha durante a ditadura militar, ex-presa po...
Primeiro longa-metragem da trilogia dirigida por ìcaro Martins e José Antonio Garcia, ambos da mesma geração formada pela Escola de comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, e produzida por Adone Fragano, notório produtor de filmes eróticos na Boca do Lixo (São Paulo). A trilogia ...
Dois irmãos precisam levar um presente para sua avó. Quando mais eles caminham, mais longe parecem estar do seu objetivo.