Vídeo





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.



Quantidade de registros: 3142

Faculdade de Filosofia de 43 a 46; contato com Paulo Emílio; seu retorno da Europa; tempos de faculdade; diferença de idade entre eles; descrição do temperamento de Paulo Emílio; volta a Europa; revolução de costumes provocada por Paulo Emílio; surgimento da União Democrática Universitári...
Cleber Papa, diretor cultural do museu, apresenta a banda MIS; fala do projeto Notas Contemporâneas, Pontos MIS, do MIS Experience e do Paço das Artes; apresenta a Patricia Palumbo, entrevistadora, e o convidado Edgard Scandurra. Patricia Palumbo agradece a oportunidade de fazer parte do projet...
Como chefe de cerimonial da Câmara Municipal de Campinas, lamenta por ser o único a produzir um documentário sobre Carlos Gomes no Brasil; explana que sua essência é de compositor, mas para se sustentar, tem que se desdobrar em outras profissões; orgulhoso, fala da sua obra encomendada pelo co...
O criativo e inovador Antônio Carlos Santos de Freitas, conhecido artisticamente como Carlinhos Brown, nasceu em 1962 no Bairro do Candeal na Bahia; filho de lavadeira e pintor de parede, foi iniciado musicalmente pelo Mestre Pintado do Bongô; quando criança foi aguadeiro e conta que a composiç...
Apaixonado pela arte, o professor e compositor fala da sua iniciação musical; comenta o filme "À Noite Sonhamos", onde o conectou com a música e começou a estudar piano; autodidata, aprendeu a ler e escrever música; possui grandes conhecimentos das obras de Chopin e o considera como o maior co...
O compositor e marxista fala que a produção musical no Brasil é medíocre; explica o início e os termos técnicos da música; critica o individualismo humano; ironiza dizendo que o homem não tem mais noção de gênero musical, pois faz música para casamento que pode ser usada na privada; fala...
Neste concerto o musicista Paulo Álvares apresenta as peças para Piano (instrumento musical) mais radicais das últimas décadas - a linguagem aleatória e imprevisível de John Cage; os processos minimais de Gyorgy Ligeti; o racionalismo serialista de Messiaen, Boulez e Stockhausen.
Conta que sempre teve interesse e contato com o teatro e cita a peça de Bob Wilson no Teatro Municipal; viu espetáculos de dança de Juliana Carneiro e Mara Borba; fala das suas performances em seus shows; em 1974, viu o show performático de Alice Cooper; diz que sua primeira trilha sonora foi pa...
Inspirado num dos pilares de criação do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, em 1970, o registro e receptáculo da história de memória oral, o projeto “50 depoimentos para os 50 anos” busca, através de um dos mecanismos fundadores do conceito do Museu, remontar sua história e trajetóri...
Inspirado num dos pilares de criação do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, em 1970, o registro e receptáculo da história de memória oral, o projeto “50 depoimentos para os 50 anos” busca, através de um dos mecanismos fundadores do conceito do Museu, remontar sua história e trajetóri...