[Largo do Santuario de Apparecida – SP] at.


Fotografia





O acervo do MIS está disponível apenas para consulta local gratuita. O usuário é o único e exclusivo responsável pelo respeito aos direitos autorais, personalíssimos e conexos das obras pesquisadas. É vedada a reprodução de obras originais ou cópias, no todo ou em parte, de qualquer forma e para qualquer finalidade, em conformidade com a Lei 9.610 de 19.02.1998


Para reprodução de qualquer obra, original ou cópia, em quaisquer meios e mídias e para quaisquer fins, e para solicitação de empréstimos, o interessado deverá seguir os procedimentos estabelecidos pela Política de Acervo do Museu. Para informações sobre empréstimo, reprodução e demais usos, entre em contato com a equipe do CEMIS através do Fale Conosco.




Título:
[Largo do Santuario de Apparecida – SP] at.
Número do Item: Número de Registro:
00860SDP000170FTa -
Uso e acesso:
Consulta local com agendamento
Coleção:
00860SDP - Família Silva de Paula
Local de Produção:
Aparecida - São Paulo - Brasil
Data de Produção:
ca. 1911
Data da Impressão / Ampliação:
ca. 1911
Técnica / Formato: Suporte:
Cartão Postal Papel
Cromia:
Cor
Dimensões da mancha (alt. x larg.):
8,70 cm x 13,50 cm
Notações:
Técnica: colotipia / reprodução fotomecânica Provavelmente pintado a mão, pois a cor não tem padrão de impressão e não segue os contornos da imagem.

Descrição:

Sobre a coleção:


A coleção conta, através de cartões-postais com imagens de diversos estados brasileiros e outros temas, a história da família do militar José Pacífico Rufino da Silva (05.06.1873 Brasil/Pernambuco/Olinda a 08.08.1939 Brasil/São Paulo/São Paulo), também conhecido por Zeca. Seus netos, Lotus Silva de Paula e Lilaz de Paula Silva, escreveram a sua história na obra A Saga de um Soldado, de 2013, 329 páginas (sem referência bibliográfica completa). Há, ainda, negativos e positivos de vidro, com imagens, entre outros, do genro de Zeca, Carlos, e de sua filha, Clotilde.


Sobre este cartão-postal:


Na frente há imagens de casas, hoteis e pessoas nas ruas. Na frente há um pequeno texto, em que uma pessoa chamada provavelmente de "Cinara" envia um saudoso abraço. No verso há um texto, de 29.12.1911, endereçado à Clotilde e seu pai Zeca, em que uma amiga da família comenta que recebeu o cartão, agradece e deseja-lhe Boas Festas e uma feliz entrada de ano. No verso há a indicação de que se trata de um cartão postal.


Descritores:
viagem; soldado; militar; família; cartão postal; casa; hotel; santuário
Descritores Geográficos:
Aparecida - São Paulo - Brasil